.mail


falarparadentro@sapo.pt

.posts recentes

. Alguém se lembra do ébola...

. Forever Young

. Espécie de Kipling de Set...

. Da emoção e isso

. Colheitas e consumos

. Do verbo arriscar

. Espera aí que no fim do m...

. Desabafo de pastelaria

. Levanta-se a onda

. Falar bem da terra

.arquivos

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Janeiro 2011

. Outubro 2009

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

Add to Technorati Favorites
Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

A falta de angústia da influência





Dos Super Furry Animals podemos sempre esperar coisas bonitas - e temo-las mais uma vez com o novíssimo álbum, "Hey Venus!". Mas o rapaz Jack Peñate, esse, nem o conhecíamos das compras na mercearia. O disco sai a 8 de Outubro. É a minha música para este Outono - justamente porque é primaveril. Cançonetas pop (mais pop do que as crocs da dona Juliana). Escritas e dedilhadas sem qualquer vestígio de culpa. São muitas as referências - Smiths, Clash, Housemartins, Gene - mas o rapaz toca e cantarola com total falta de angústia da influência. E isso, nestes dias, é tão bom.
publicado por Nuno Costa Santos às 15:56
link do post | favorito

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.favorito

. Solitude standing

. God is not dead

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds