.mail


falarparadentro@sapo.pt

.posts recentes

. Alguém se lembra do ébola...

. Forever Young

. Espécie de Kipling de Set...

. Da emoção e isso

. Colheitas e consumos

. Do verbo arriscar

. Espera aí que no fim do m...

. Desabafo de pastelaria

. Levanta-se a onda

. Falar bem da terra

.arquivos

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Janeiro 2011

. Outubro 2009

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

Add to Technorati Favorites
Segunda-feira, 17 de Março de 2008

Colheitas e consumos




Revi “Os Respigadores e a Respigadora”, de Agnès Varda, uma referência para quem defende que é possível produzir cultura cinematográfica sem precisar de largos orçamentos. É que, sabemo-lo, o filme é feito – sobretudo - da deambulação visual de uma realizadora em busca daqueles que apanham os restos das colheitas e dos consumos. Viagem feita com uma pequena câmara digital. Isso. Sem grande guito por detrás. A “Cahiers du Cinéma” diria – talvez tenha dito - que é uma obra maior na sua simplicidade de meios. Sim, voltou a comover-me no retrato daqueles que, no campo ou nas cidades, recuperam, com dedicação por vezes obsessiva, o que os outros deitam fora – e nos instantes em que Agnès Varda filma o envelhecimento do seu próprio corpo, como quem respiga o destino de todos nós.
publicado por Nuno Costa Santos às 19:49
link do post | favorito

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.favorito

. Solitude standing

. God is not dead

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds